Notícias

Brutal S1 pintado com a tinta Spies Hecker

O fabricante de automóveis independente da Eslováquia, Brutal, acaba de lançar o S1, um super carro desportivo, aprovado para circular na via pública e afinado para um elevado desempenho. 

O coração de Marian Lušpai, o fundador do fabricante de automóveis eslovaco, Brutal, pertence a carros desportivos invulgares. Encontrou o Ariel Atom numa visita à Inglaterra, onde estão situados muitos fabricantes de pequena escala de carros desportivos. O cruzamento radical entre um go-kart e um carro de Fórmula 1TM é tão leve que consegue derrotar outros carros com maior potência. Marian Lušpai foi imediatamente seduzido por este carro e afirmou: “Eu queria fabricar um carro tal como o Ariel Atom, extremamente leve, extremamente rápido e totalmente único”.

300 cavalos para uma rápida aceleração

De regresso à Eslováquia, Marian Lušpai, que tem formação em Engenharia, começou a planear e a fabricar o carro. Hoje, quase dez depois, o resultado do seu trabalho pode ser visto na sua oficina: o Brutal S1 é um carro de dois lugares leve com uma carroçaria em fibra de vidro, carbono e espuma especial Airex sobre uma estrutura tubular. É acionado por um motor turbocompressor Subaru de 2 litros e 300 CV que está posicionado atrás do condutor. Este carro pesa menos que 900 kg e pode atingir 100 km/h em menos de quatro segundos.

Para o design, Marian Lušpai recorreu à Academia de Arte e Design de Bratislava, Eslováquia. O resultado foi uma carroçaria plana, em forma de cunha com contornos claramente definidos, portas em forma de asas de gaivotas e uma traseira distinta. O design é o trabalho de Jakub Štarman, que na altura ainda era estudante e que agora trabalha na Škoda.

 

Marián Pecho explicou: “Trabalhámos com o Permasolid® HS Vario Primer Surfacer 5340, Permahyd® Hi-TEC Base Coat 480 e Permasolid®HS Optimum Plus Clear Coat 8650 da Spies Hecker.”

A equipa escolheu a cor do protótipo por razões pragmáticas. Marián Pecho afirmou: “Selecionámos deliberadamente um branco sólido e não um branco metálico ou perolado porque não queríamos quaisquer pigmentos com efeitos especiais, e assim é mais fácil fazer posteriormente adaptações ao protótipo.

Além disso, os logotipos dos patrocinadores destacam-se melhor num fundo branco sólido”.

O resultado é excecional: o Brutal S1 branco como a neve é verdadeiramente chamativo e já atraiu muita atenção em feiras e exposições, incluindo na exposição de automóveis na cidade ocidental da Eslováquia, Nitra.

Um carro de corridas puro-sangue aprovado para circular na via pública

Marian Lušpai disse: “É claro que o Brutal S1 não é um carro que se conduz para ir ao supermercado. Trata-se de um carro de corrida concebido para um alto desempenho. Esta é a sua essência. Muitas das peças são provenientes de corridas de automóveis, como os travões e as partes da suspensão. É basicamente um carro de corridas puro-sangue que foi aprovado para ser conduzido na via pública”.

Marian Lušpai está confiante de que o Brutal S1 encontrará um nicho no mercado de super carros desportivos. Já recebeu pedidos de informação de partes interessadas. Afirmou: “Dado o nível de procura, consideramos que podemos produzir o máximo de seis veículos por ano”.

Para mais informações sobre a Spies Hacker, visite www.spieshecker.com. Para se manter informado sobre o Brutal S1, siga o fabricante de automóveis no Facebook www.facebook.com/brutalslovakia ou visite o website em www.brutalcar.co.uk.